Associação de Professores(as) de Filosofia e Filosófos(as) do Estado de São Paulo

     ASSOCIAÇÃO DOS PROFESSORES (AS) DE FILOSOFIA E FILÓSOFOS (AS) DO ESTADO DE SÃO PAULO

 

        CHAMADA PARA A GREVE GERAL DO DIA 30

                 

                      “Em tempos como esses, parafraseamos Bertold Brecht e defendemos o óbvio”

 

   A nós professoras e professores de filosofia, filósofos e filósofas é demasiado óbvio a necessidade de PARAR O BRASIL NO DIA 30 e denunciar o estado de exceção em que vive o país, sob o desgoverno de um presidente usurpador e um Congresso composto por uma grande maioria  de réus, de acusados pela justiça, uma justiça que tem em seu interior delegados de polícia, procuradores e juízes (Inclusive na corte mais alta do País, STF) que se auto intitulam “justiceiros/combatentes da corrupção”, e desfilam, expondo sob os holofotes da mídia suas fardas e togas num espetáculo vergonhoso e inadmissível em uma sociedade que se quer democrática e civilizada.    A Filosofia Toma Partido e leva à práxis suas reflexões éticas, em defesa da política no sentido aristotélico “A tarefa da política é investigar qual a melhor forma de governo e instituições capazes de garantir a felicidade coletiva”. Os corruptos que aí estão não têm autoridade e legitimidade de mexer na Constituição editando PECs  (Reforma da previdência, Reforma trabalhista, terceirização, etc) e Medidas Provisórias como a da Reforma do Ensino Médio, que representam um retrocesso criminoso, remetendo as futuras gerações aos tempos sombrios de um passado não muitodistante.

   A APROFFESP se soma às demais entidades sindicais, estudantis e dos movimentos populares organizados na chamada para a Greve Geral no dia 30 de junho, Contra as Reformas, nenhum direito a menos, por eleições gerais e pelo Fora Temer!

 

DIRETORIA DA APROFFESP

© 2012 APROFFESP. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Please publish modules in offcanvas position.